Deputados gaúchos cumprem segunda agenda oficial do ano em Paris

176
Fotos: Karine Viana/ALRS e Divulgação, respectivamente
Fotos: Karine Viana/ALRS e Divulgação, respectivamente

Só em diárias, viagem à feira de energia eólica vai custar o equivalente a R$ 21 mil

Os deputados Luiz Fernando Mainardi (PT) e Frederico Antunes (PP) realizarão uma viagem internacional paga pela Assembleia Legislativa do Estado na próxima semana. Ambos vão a Paris (França) no domingo, a fim de participar de uma feira internacional sobre energia eólica (EWAE-2015) e de reuniões da Associação Brasileira de Energia Eólica (Abeeólica), com retorno previsto para quinta-feira. É a segunda vez no ano que os dois deputados cumprem agenda oficial na França. Eles foram convidados pela Abeeólica e a viagem foi autorizada hoje pela Mesa Diretora da Casa.

O objetivo da viagem, segundo Mainardi, é promover a potencialidade de investimento em energia eólica. O petista integra a Frente Parlamentar Pró-Energia Eólica, presidida pelo progressista.

“É energia do presente e do futuro e é fundamental que a gente coloque o Rio Grande do Sul presente. Pelo que nós estamos percebendo, não teremos representação do governo do Estado. Acho que o governo deveria estar lá, para vender o nosso Estado, mostrar a nossa potencialidade”, disse Mainardi.

Em diárias, a viagem deve custar à Assembleia € 5,2 mil, pouco mais de R$ 21 mil, quando o valor é convertido. O deputado Mainardi solicitou 3,5 diárias para ele e outras cinco para um assessor. Já o progressista solicitou 3,5 diárias para ele e uma para um assessor. A diária internacional estipulada para Europa é de € 400,00.

Em passagens aéreas, o custo dos progressistas foi de US$ 2 mil (cerca de R$ 7,6 mil), conforme informação da assessoria da bancada. O valor das passagens compradas pelos petistas ainda não foi informado.

Os dois deputados também estiveram em Paris em maio desse ano, quando assistiram à 83ª Assembleia da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) e participaram do lançamento internacional da Expointer em solo francês. Na oportunidade, o Rio Grande do Sul e Santa Catarina receberam o atestado de zonas livres da peste suína clássica.

Conforme as regras da Assembleia, o limite anual de diárias internacionais é de dez para cada deputado e de cinco para cada assessor. Por isso, nem todos os viajantes receberão o número total de diárias correspondente à duração da viagem – cinco dias.

Fonte:Gabriel Jacobsen/Rádio Guaíba