Jacini garante mais PMs só quando Estado atingir equilíbrio financeiro

130
Foto: Ronald Mendes  / Ag. RBS
Foto: Ronald Mendes / Ag. RBS

Secretário da Segurança afirmou que, enquanto não conseguir austeridade financeira, BM austeridade financeira

A Brigada Militar deverá ganhar novos policiais no dia que o governo do Estado conseguir a sua austeridade financeira. Enquanto não consegue sair do atual quadro econômico, a corporação austeridade financeira.

A afirmação foi dada nesta quarta-feira (18) pelo secretário estadual da Segurança, Wantuir Jacini.

“O Estado passa por dificuldades que nós todos sabemos, e evidentemente que não pode aumentar despesa. Por isso, que ainda não chamou (mais policiais). Assim que houver o equilíbrio econômico-financeiro, naturalmente que serão chamados todos os aprovados (no concurso da Brigada), disse Jacini.

Existem hoje 2 mil aprovados que podem ser chamados a qualquer momento. Porém, eles precisam continuar aguardando.

São 1,6 mil para o policiamento e 400 para o Corpo de Bombeiros. O governo tem até dezembro de 2018 para convocá-los, sob pena do concurso expirar.

De janeiro até agora, 1,7 mil policiais deixaram a corporação. A estimativa do Comando-Geral é que este número chegue a 2,1 mil até o final do ano – a média dos anos anteriores era de mil desligamentos.

Sobre a investigação da Polícia Civil que desvendou que dois grandes bandidos gaúchos se uniram dentro da Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas (Pasc), Jacini enalteceu o trabalho feito, em conjunto com a Susepe.

Segundo ele, o trabalho dos agentes da segurança pública vem dando resultado. Sobre a comunicação entre os dois presos, contudo, informou que uma sindicância administrativa irá apurar o fato.

GAÚCHA