OUÇA ENTREVISTA: Servidor que optar por receber 13º parcelado terá valor corrigido em 25%

135
Secretário da Casa Civil fez estimativa dos valores que serão corrigidos com o parcelamento do 13º Foto: Mauro Vieira /Agência RBS
Secretário da Casa Civil fez estimativa dos valores que serão corrigidos com o parcelamento do 13º
Foto: Mauro Vieira /Agência RBS

O servidor público que optar por receber o13º salário em 2016, em seis parcelas, conforme alternativa proposta pelo governo do Estado, vai ganhar um acréscimo de 25% sobre o montante que lhe é devido. A projeção foi feita nesta sexta-feira (4) pelo secretário-chefe da Casa Civil, Marcio Biolchi.

Na prática, o servidor terá duas opções, já que o governo não tem dinheiro para pagar o benefício em dezembro. A primeira delas é contratar um empréstimo junto ao Banrisul (ou junto ao seu banco). Nesse caso, o Estado se compromete a pagar os juros da operação bancária.

A outra opção é receber o valor parcelado (são seis parcelas) entre junho e novembro de 2016. Nesse caso, o Estado vai oferecer uma correção estimada em 25% do valor do benefício. A taxa de correção corresponde aos seguintes índices: variação da LFT (Letra Financeira do Tesouro), mais uma taxa de 0,8118% ao mês.

“O servidor público que não fizer o empréstimo, ou seja, que tiver a capacidade de receber o décimo em parcelas, ele vai ter uma vantagem de 25% sobre o valor de seu salário. Trata-se de uma estimativa porque a Letra Financeira do Tesouro é um índice variável”, explicou o secretário no Gaúcha Atualidade.

Caso o servidor opte por receber agora, terá que adquirir um empréstimo bancário, e os juros serão bancados pelo Estado.

Por conta dos juros e da correção dos valores para quem receber parcelado, o Estado projeta um custo extra entre R$ 200 milhões e R$ 300 milhões na operação de pagamento do 13º salário.

Para que esta fórmula seja válida, o Executivo enviou um projeto de lei para a Assembleia Legislativa. O secretário da Casa Civil espera que o texto seja aprovado antes do dia 15 de novembro.

GAÚCHA