Servidor com limite negativado também pode buscar Banrisul para o empréstimo do 13º

176

BanrisulEssa era uma das dúvidas de parte do funcionalismo, já que durante o ano o parcelamento de salários forçou servidores a tomarem dinheiro emprestado junto ao banco

O servidor público que já contraiu empréstimo consignado no Banrisul e está negativo ou extrapolou o limite da conta corrente vai ter direito, ainda assim, a recorrer a um pedido de crédito para ter acesso ao 13º. Essa era uma das dúvidas de parte do funcionalismo, já que durante o ano o parcelamento de salários forçou servidores do Executivo a tomarem dinheiro emprestado junto ao Banrisul.

O alerta do governo, de que se trata de uma linha de crédito especial, exclusiva para o 13º, agradou os servidores. “Realmente é uma boa notícia, no começo o governo não queria financiar o 13º pelo Banrisul dizendo que quem quisesse fazer empréstimo era por conta e risco. O governo volta atrás reconhecendo ter essa dívida com o servidor, mesmo para quem está no negativo, tem ações contra o Banrisul ou está no SPC”, analisou o presidente da Ugeirm Sindicato, Isaac Ortiz.

Os servidores também podem contrair o empréstimo em outras instituições financeiras mas, nesse caso, devem ficar atentos ao que é oferecido pelo governo. O Palácio Piratini se compromete a arcar com a quantia devida e os juros, mas definiu uma média para correção do empréstimo: a variação da Letra Financeira do Tesouro (LFT), acrescida de 0,8118%. Juros acima desse patamar farão com que o servidor saia perdendo.

O Crédito Pessoal Servidor RS já pode ser encaminhado, a partir da próxima terça-feira. A previsão é de que a quantia seja creditada ainda na sexta-feira da semana que vem (18). A operação permanece disponível mesmo após essa data. A partir da segunda-feira seguinte (21), o crédito passa a ser feito no ato da contratação.

O servidor pode, também, optar por receber o 13º parcelado em 2016. Nesse caso, não precisa tomar nenhuma providência. O pagamento, para esse grupo, vai ser feito nos meses de junho, julho, agosto, setembro, outubro e novembro, com indenização pelo atraso.

Fonte:Voltaire Porto/Rádio Guaíba
ADRR