“Apenas 9 bombeiros” causa revolta nos habitantes

166
Carro de incêndio estava ontem parado em uma oficina em Camobi. Segundo comandante, outros dois estão funcionando na cidade (Gabriel Haesbaert / A Razão)
Carro de incêndio estava ontem parado em uma oficina em Camobi. Segundo comandante, outros dois estão funcionando na cidade (Gabriel Haesbaert / A Razão)

Vereador Admar Pozzobom (PSDB) utilizou a rede social para comentar a informação e diz estar decepcionado

A notícia de que o Corpo de Bombeiros de Santa Maria tem apenas nove homens para atendimento na cidade e sem carros aptos de incêndio para trabalho de rua, publicada na edição de ontem do A Razão, causou revolta nos habitantes. A matéria foi compartilhada mais de 60 vezes no Facebook do jornal e inúmeros comentários preocupados tomaram conta da postagem.

O vereador Admar Pozzobom (PSDB) utilizou a rede social para comentar a informação e diz que está decepcionado. Ele lembra que o município tem 274 mil habitantes, o que resulta em aproximadamente 30 mil pessoas para um bombeiro. “Sabemos que muitos outros bombeiros do Estado solicitaram transferência para trabalhar aqui, em nossa cidade, e até o momento não foram deferidas essas solicitações”, apresentou o parlamentar.

Quem também falou sobre o caso foi Adherbal Ferreira, ex-presidente da Associação dos Familiares de Vítimas e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria (AVTSM). Ele perdeu a filha Jennefer no incêndio da Boate Kiss, que completa três anos na próxima quarta-feira. Adherbal diz que é uma vergonha não ter efetivo em Santa Maria. Além disso ele questiona: “Desculpe minha ignorância, mas sem efetivo pode acontecer uma tragédia novamente, quem vai saber??”

A RAZÃO