Bases Móveis Comunitárias da BM são instaladas no Litoral Norte

163

upload_20160105152708bases_moveis_2Moradores e turistas do Litoral já contam com os serviços das Bases Móveis Comunitárias da Brigada Militar. Ao todo, três bases móveis auxiliam no policiamento ostensivo nos pontos de maior circulação de público e comércio nos municípios de Capão da Canoa, Imbé, Tramandaí, Torres e Xangri-lá.

Os profissionais de segurança pública que atuam nas bases foram capacitados de acordo com os princípios da Polícia Comunitária. Todos estão aptos a registrar ocorrências, consulta de indivíduo e mobilização comunitária, construindo um elo de aproximação com a comunidade e comerciantes no entorno das bases.

Segundo o coordenador de Polícia Comunitária da Brigada Militar, major André Marcelo Ribeiro Machado, as bases móveis comunitárias fazem parte de uma estratégia de Polícia Comunitária desenvolvida pela corporação. “É um ponto fundamental para descentralização parcial dos serviços, sem gerar maior ônus se comparado à instalação de um posto policial”, afirma.

A iniciativa estabelece uma rotina em pontos pré-determinados pelo Comando Regional, e Ribeiro destaca que “a utilização do programa na Operação Golfinho é fundamental pois vai resultar no emprego futuro de bases móveis comunitárias em outras cidades gaúchas”.

Cada base móvel é equipada com computador, internet sem fio, mesa de reunião, cadeiras, mesas e um toldo acoplado ao veículo. As bases comunitárias também recebem o apoio de viaturas, bicicletas e motocicletas que auxiliam na segurança da comunidade.

Paola Dala Barba/Ascom PM3 e Clelia Admar/ Ascom GCG

Litoral mania