FALTA DE HORAS EXTRAS: Quartel dos bombeiros de São Marcos pode fechar por três dias

202
IMAGEM IUSTRATIVA
IMAGEM IUSTRATIVA

Motivo é a falta de horas extras

Depois da alteração no funcionamento de quarteis de bombeiros em Caxias do Sul por falta de horas extras, a unidade de São Marcos pode fechar nos últimos três dias de maio e reabrir apenas no dia 1° de junho. Em caso de fechamento temporário, as ocorrências de São Marcos serão atendidas por Caxias, distante 36 quilômetros.

Desde o mês de março, os quartéis dos bairros Cruzeiro e Desvio Rizzo, em Caxias, funcionam em esquema de rodízio. Ainda em Caxias, o quartel da Zona Norte, fechou, reabriu e está fechado novamente. Na cidade funcionam normalmente o do aeroporto e a unidade do Centro de Caxias, que também é a sede do 5º Comando Regional de Bombeiros (CRB). O atendimento em Caxias ficou restrito, justamente, para impedir o fechamento em municípios com apenas uma unidade.

Conforme o comandante do 5º CRB, tenente-coronel Cleber Valinodo Pereira, as horas extras são distribuídas conforme o número de ocorrências e os municípios atendidos pela unidade. Como São Marcos atende apenas ao município, é o que menos recebe. Nesta sexta-feira (20), o comando regional encaminhará um ofício ao comando geral dos bombeiros solicitando mais horas para maio.

O quartel de São Marcos conta com 10 servidores. O município não tem serviço de bombeiros voluntários. Servidores da prefeitura são cedidos para prestar serviços apenas como motoristas.

Depredação

O quartel da Zona Norte, em Caxias, foi arrombado na madrugada desta sexta-feira (20). O arrombamento foi percebido na manhã desta sexta. Os criminosos forçaram a porta e levaram objetos. A unidade está fechada há cerca de um mês por falta de horas extras. Esse já é o segundo arrombamento desde o fechamento.

Efetivo

O 5º CRB tem cerca de 200 servidores para atender a 48 município. Conforme o comando regional, seriam necessários, pelo menos, 50% mais servidores.

GAÚCHA