IPE: Privatização é descartada

123

17174742Não faz parte das metas de sustentabilidade de longo prazo, de equilíbrio e de solidariedade do Instituto de Previdência do Estado (IPE), a privatização da autarquia, garantiu ontem o diretor-presidente José Alfredo Parode. Ao contrário, o trabalho em andamento é no sentido de fortalecer o IPE público, afirmou. “Temos 1,026 milhão de beneficiários, prestamos 15,3 mil atendimentos no ano passado e somos o maior plano de saúde do Rio Grande do Sul. Queremos manter esse bom desempenho com boa gestão pública.” Conforme Parode, está em discussão desde o ano passado, junto ao Conselho Deliberativo do IPE (seis representantes do Estado e seis de entidades dos servidores), mas ainda sem consenso, a necessidade de se propor uma contribuição “simbólica” aos dependentes (filhos até os 18 e até os 24, se estudantes) para o IPE Saúde, que tem 408 mil dependentes. O orçamento do IPE em 2015 foi de R$ 2 bilhões. Se a decisão for pela contribuição, será elaborado projeto de lei para envio ao Legislativo.

CORREIO DO POVO