Aprovados para a Susepe protestam em frente ao Piratini pedindo nomeações

153

13516564_1415819755110249_3625878818902865647_nValidade do concurso expira em setembro

Aprovados para a Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) em concurso realizado,  em 2012, protestaram de forma pacífica em frente ao Palácio Piratini, no Centro de Porto Alegre.  O grupo, com pouco mais de 50 manifestantes, exigiu nomeações imediatas, já que a validade da seleção expira em setembro.

Ao todo, são 390 aprovados para os cargos de técnico penitenciário. A função exige nível superior.  A aprovada Adalgisa Patrício reclama da demora para ser chamada.  “Neste período, consegui me virar trabalhando com venda de imóveis.  Agora, o mercado desaqueceu e a expectativa é grande para trabalhar na Susepe”, revelou.

O presidente da Amapergs, sindicato que representa os servidores da Susepe,  alerta para o déficit de 3 mil trabalhadores.  Flávio Berneira esclarece que existem duas outras funções no quadro, além de técnico penitenciário.  “Precisamos de agentes penitenciários e de agentes penitenciários administrativos urgentemente.  Enquanto isso, também é emergencial que este grupo seja aproveitado, porque o sistema penitenciário está um caos”, ponderou.

Representantes da Casa Civil do Palácio Piratini informaram que os manifestantes devem ser recebidos para uma audiência.

Fonte:Voltaire Porto/Rádio Guaíba