Centro de Treinamento dos Bombeiros da Serra Gaúcha é inaugurado em Bento Gonçalves

111
Investimento para construção do Centro de Treinamento beirou R$ 1,3 milhão, com recursos do Funrebom e parcerias Foto: Roni Rigon / Agencia RBS
Investimento para construção do Centro de Treinamento beirou R$ 1,3 milhão, com recursos do Funrebom e parcerias
Foto: Roni Rigon / Agencia RBS

Espaço será referência no Estado para instrução e formação de novos servidores

O presente pelos 60 anos do Corpo de Bombeiros de Bento Gonçalves, completados em 2014, finalmente está pronto para ser desfrutado. E trata-se de uma estrutura erguida para mudar o patamar da corporação em todas as unidades da região. Com a inauguração do Centro de Treinamento da Serra Gaúcha, celebrada com direito a banda marcial na tarde dessa quinta-feira, a expectativa é de que Bento seja referência no Estado para o treinamento de novos soldados e qualificação dos servidores.

O investimento total é de quase R$ 1,3 milhão, custeados pelo Fundo de Reaparelhamento do Corpo de Bombeiros (Funrebom) — que reúne recursos arrecadados com a taxa de combate a incêndio inclusa no IPTU, em parceria com empresas privadas. Além de cursos, o complexo de 4 mil m² permite simulações de salvamentos em altura e em local confinado, além de combate a incêndio. Também há um canil onde quatro cães já estão sendo adestrados e treinados.

— Trata-se de um momento muito importante para a corporação, porque esse centro de treinamento irá melhorar muito a qualificação do nosso efetivo. Será referência para todo o Estado. Muito do trabalho que antes ficava restrito às limitações dos quartéis poderá ser feito de forma integrada nesse novo espaço — comenta o comandante regional dos bombeiros, Cleber Valinodo.

Além do prédio com salas de aula, refeitório e alojamentos, há estrutura para o treinamento operacional dos bombeirosFoto: Roni Rigon / Agencia RBS

Com o início das operações, a previsão é de que soldados recém-nomeados pelo Estado formem turmas para receber o primeiro treinamento em Bento. Para essa finalidade, a estrutura conta com alojamento, cozinha e refeitório para 50 pessoas. Tudo novo em folha.

— Esse centro poderá ser usado por bombeiros militares, civis e brigadistas, e poderá instruir e formar novos agentes. Ao invés de mandar o nosso efetivo para fazer cursos fora, traremos instrutores de fora para dar cursos aqui, inclusive do exterior. Temos uma estrutura completa tanto para a instrução quanto para o treinamento da parte operacional — destaca o comandante dos bombeiros de Bento Gonçalves, Sandro Gonçalves.

Corporação conta os dias para a autonomia

Comandante do Corpo de Bombeiros do Rio Grande do Sul, o tenente-coronel Adriano Krukoski Ferreira esteve na inauguração do Centro de Treinamento em Bento Gonçalves. Além da empolgação com a estrutura recém-inaugurada, Krukoski também aguarda com ansiedade a realização de um sonho antigo da corporação, que é a independência da Brigada Militar. O prazo previsto para o cumprimento da emenda constitucional aprovada pelos deputados em 2014 é o dia 2 de julho.

— Hoje mesmo (quinta) houve uma reunião com a Casa Civil e foi acenado que até o prazo previsto (2 de julho) serão encaminhadas as leis estruturantes do Corpo de Bombeiros. Em 121 anos de existência, a corporação sonha em ter autonomia administrativa, financeira e operacional, para que possamos dizer ‘nós somos bombeiros’, e não ‘nós estamos bombeiros’, como tem sido. Porque durante a carreira uma hora a gente labuta no policiamento, outra no setor administrativo, outra na parte operacional dos bombeiros — exemplifica.

PIONEIRO