AUDIO : “O tempo da política não é o tempo da sociedade”, diz vice-governador

116

16981737José Paulo Cairoli reconhece que nº de novos PMs é insuficiente, mas é o permitido dentro da situação financeira do Estado

O governador em exercício, José Paulo Cairoli, falou no Gaúcha Atualidade nesta quinta-feira (18) sobre a nomeação de 530 policiais militares para atuar na segurança pública a partir do ano que vem. O vice-governador reconhece que o número é insuficiente, mas é o permitido dentro da difícil situação financeira do Estado.

O vice-governador destacou que a questão da violência deve ser vista de forma mais ampla, inclusive com revisão de algumas leis. Cairoli criticou a estrutura pesada do Estado, o que não permite soluções mais imediatas.

“Evidente que o tempo da política não é o tempo nosso como sociedade. Nós temos pressa, e na política o processo é mais lento”, comparou Cairoli.

José Paulo Cairoli acrescentou que tem uma visão diferente de seus colegas de governo no sentido de soluções mais rápidas, mas que posições distintas são salutares para que os projetos avancem. O vice-governador convidou a sociedade a participar mais da vida pública, com críticas mas também com sugestões.

19262997Novos PMs irão atuar em Porto Alegre e Região Metropolitana a partir de maio

Turma de 530 aprovados em concurso passará por formação

Os 530 candidatos aprovados no último concurso da Brigada Militar irão atuar preferencialmente em Porto Alegre e na Região Metropolitana. A definição, porém, só irá ocorrer em maio de 2017, quando a nova turma estará formada.

O governo do Estado autorizou a convocação do grupo nessa quarta-feira (17). Do total, 424 serão destinados à Polícia Ostensiva e 106 para os Bombeiros.

Os selecionados terão que apresentar novos exames médicos. O curso deverá iniciar em outubro. A partir de janeiro de 2017, os recrutas passarão a atuar em eventos fechados, com supervisão, como festividades e praças esportivas.

O concurso de 2014 foi prorrogado até dezembro de 2018. Ainda restam aproximadamente 1,7 mil aprovados para serem chamados. Já os primeiros 178 chamados neste concurso público iniciaram curso em maio. A formatura ocorrerá em dezembro.

Apesar do ingresso, o governo gaúcho não irá suprir nem a metade dos policiais militares que deixaram a corporação nos primeiros oito meses do ano. Somente em 2016, 1.287 PMs foram para a reserva. Nos quadros hoje da Brigada Militar há 18,5 mil PMs. E, de acordo com a associação de soldados, há hoje três mil policiais militares aptos a se aposentar.

GAÚCHA