Brigada Militar homenageia heróis mortos em confronto

146

13882330_581757475327556_7494650670016998088_nA Brigada Militar vai homenagear os policiais mortos em confronto, na próxima segunda-feira (8) às 12h, no Largo PM Valdeci de Abreu Lopes, Avenida Ipiranga com Silva Só, em Porto Alegre. O objetivo é lembrar de todos os policiais militares que tiveram suas vidas interrompidas, no exercício da profissão. Neste dia, as flâmulas deverão ser hasteadas a meio mastro nos quartéis da Brigada Militar em todo o estado.

O comandante-geral, coronel Alfeu Freitas Moreira, publicou uma portaria instituindo oficialmente o dia 8 de agosto como o dia do Policial Militar Tombado em Serviço. A data escolhida é o dia da morte do cabo Valdeci de Abreu Lopes, degolado durante um confronto entre policiais e manifestantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST), em 1990, na Praça da Matriz, no Centro de Porto Alegre.

De acordo com o coronel Freitas, “cabe ao Comando buscar a valorização e o reconhecimento, junto à sociedade, dos brigadianos que, dia após dia, faça chuva ou faça sol, faça frio ou calor, arriscam suas vidas para defender a sociedade da criminalidade. São homens e mulheres valorosos que exercem uma atividade perigosa, com o risco de suas próprias vidas. Por isso, nossos heróis não podem jamais ser esquecidos”.

Colégio Tiradentes

O Comando da BM lembra que os filhos e/ou dependentes de policial militar morto em serviço têm matrícula assegurada na rede de ensino dos colégios Tiradentes da corporação, desde que cumpram os requisitos. São eles: ensino fundamental completo; idade, condições de saúde e físicas conforme exigência no edital de seleção para ingresso nos colégios Tiradentes para o ano em que a vaga esteja sendo requerida. O atendimento da solicitação estará condicionado à capacidade de vagas de acordo com a capacidade física da escola.

Texto: Clelia Admar/Ascom BM
Edição: Denise Camargo/Secom