ABAMF repudia agressão a brigadiano da candidata a vice-prefeita Silvana Conti (PCdoB)

209

ABAMF REPUDIA AGRESSÃO A TRABALHADORES QUE ESTAVAM

ALI PARA GARANTIR A TRANQUILIDADE NO PLEITO

sseaComo entender a atitude da candidata a vice-prefeita, Silvana Conti (PCdoB), que concorria com o candidato a prefeito, Raul Pont, a Prefeitura de Porto Alegre. Conti jogou um vaso na cabeça do brigadiano que estava em serviço e cumpria o papel de impedir o acesso ao prédio, onde a ex-presidente Dilma Rousseff iria votar,  zona sul da capital gaúcha. A ordem partiu do juiz eleitoral Niwton Carpes da Silva.

Os brigadianos cumpriam o papel de manter a tranquilidade para os eleitores exercerem o direito de voto. Com a ordem de impedir o ingresso na hora em que a ex-presidente fosse votar, os militares ficaram na porta. Houve um grande tumulto com pessoas da imprensa e militantes forçando a passagem e querendo passar por cima daqueles que estavam ali para manter a ordem.

O ataque da candidata Silvana Conti (PCdoB) foi covarde. O PM estava longe dela e sequer ameaçava tocá-la. Um video, que circula nas redes sociais, mostra a cena claramente. Conti arremessa o vaso na cabeça do brigadiano e uma multidão de repórteres tentam passar de qualquer forma.

Pois bem, deveriam reclamar ao juiz eleitoral ou manifestar-se de alguma forma para buscar a liberação. A candidata preferiu agredir o militar que fazia a segurança. Foi uma agressão assim que vitimou o soldado Eriston, em 2013. O brigadiano carrega as sequelas.   

Para a ABAMF, essa candidata mostrou não ter condições de estar ocupando um lugar tão importante em uma chapa política que poderia comandar a cidade. Demonstrou falta de respeito e consideração com trabalhadores que dedicaram o domingo para garantir a tranquilidade do pleito. E demonstrou, ainda, falta de respeito a democracia ao optar pela violência ao invés do diálogo.

A ABAMF repudia a atitude da representante do PC do B e reforça que a atitude dos brigadianos foram as mais corretas, cumprindo uma ordem da justiça eleitoral, e visando a integridade e o bem de todos.

ABAMF