DIA DO POLICIAL: Programação buscou envolver comunidade

233

Apesar da falta de efetivo e problemas financeiros, a Brigada Militar ofereceu atrações ao público

Diversas atividades foram oferecidas gratuitamente para a comunidade na última sexta feira, no Centro Humanístico Vida, na zona Norte de Porto Alegre, para celebrar o Dia do Policial. Na Ação Cívico Militar, promovida pela Brigada Militar, houve verificação da saúde bucal e pressão arterial, exposição de animais taxidermizados, passeio a cavalo, apresentação do canil, escolinha de trânsito, orientações sobre segurança pública e apresentação da Banda da Brigada Militar. As ações buscavam aproximar a comunidade da Brigada Militar e informar às pessoas sobre o trabalho que é realizado nas ruas pela corporação, conforme explicou o chefe do Estado-Maior da Brigada Militar, coronel Júlio César Rocha Lopes. “Temos que resgatar a nossa juventude e mostrar o que estamos fazendo pela população”, destacou, observando que as atividades também celebram os 180 anos da Brigada Militar, que serão comemorados com programação própria no mês de novembro deste ano. Segundo Lopes, o Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), a Patrulha Maria da Penha e a Polícia Comunitária são as três principais iniciativas que demonstram o envolvimento da corporação com a comunidade, em um esforço que tem superado as dificuldades financeiras apresentadas pelo Estado e de falta de efetivo. Entre as ações, a apresentação dos cães Drago, de nove anos, Tigre, de oito, e Gajo, de quatro anos, foi a que mais chamou a atenção dos participantes das atividades. Os animais ainda atuam nas ruas com os PMs e são treinados para atividades com as crianças. Os cachorros, a bem da verdade, roubaram a cena. Os peludos foram bastante simpáticos com a garotada. Os passeios nos cavalos utilizados no policiamento pelo 4? Regimento de Polícia Montada também foram apreciados por meninos e meninas.

CORREIO DO POVO