Presidente da Regional Santa Maria busca providência para escala apertada

180

Ao saber de problemas com o efetivo que foi deslocado para Novo Hamburgo, o presidente da Regional Santa Maria, João Correa, busca providência para o assunto. Conforme informações, os brigadianos estão trabalhando 8 horas, diariamente, com somente uma folga na semana. A escala apertada faz co m que os PMs tenham dificuldade até mesmo para visitar a família.

Correa postou mensagem no facebook informando que, nesta primeira semana de maio, a situação deve ser resolvida e os brigadianos que estão trabalhando em Novo Hamburgo devem obedecer uma escala de serviço igual a de Porto Alegre e Canoas. Isto porque em todos esses municípios a tropa participa da Operação Avante.

Paulo Rogério N. da Silva

Jornalista ABAMF