ZERO HORA: Projeto prevê a criação do bico legal na Brigada Militar

215

Com o projeto de vereadora de Porto Alegre, a prefeitura ficaria autorizada a pagar horas extras a brigadianos

Por: Rosane de Oliveira

Tenente-coronel da Brigada Militar, a vereadora Nádia Gerhard (PMDB) protocolou projeto que, de certa forma, oficializa o “bico” que hoje os brigadianos fazem depois do expediente.

Pela proposta, a prefeitura de Porto Alegre fica autorizada a pagar horas extras aos brigadianos que quiserem estender a jornada. Os policiais usarão a farda da BM e ajudarão a reforçar a segurança em áreas mais conflagradas.

Nádia diz que o projeto agrada aos policiais militares, ao Executivo e, principalmente, a sociedade que anseia por mais segurança.