Rádio Guaíba: Piratini deposita R$ 1,5 mil e quita salários para 81% dos servidores nesta segunda-feira

439

A partir do ingresso de arrecadação do ICMS, o governo do Estado quita, nesta segunda-feira, os salários para os servidores do Poder Executivo com rendimento líquido de até R$ 4,5 mil. Serão creditados no fim da tarde mais R$ 1,5 mil por matrícula. A Secretaria da Fazenda já havia depositado R$ 750 pela manhã. Para realizar os dois repasses, foram necessários cerca de R$ 264 milhões em caixa.

Recebem até R$ 4,5 mil líquidos 81% dos servidores (ativos, inativos e pensionistas) do Poder Executivo. Já em relação ao magistério, umas das principais categorias do serviço público, o valor líquido por contrato significa 95% dos professores com os salários em dia. A Fazenda continua prevendo a quitação final até a próxima quarta-feira, dia 13.

Seguem faltando R$ 227,5 milhões para fechar a folha do mês de junho, que ficou em R$ 1,1 bilhão. Também na virada do mês foi paga a sétima parcela do 13º salário de 2016, o que representou outros R$ 102 milhões. Junho registrou uma receita líquida de R$ 2,448 bilhões, enquanto a despesa ficou em R$ 3,010 bilhões.

Relembre

Passados dois anos e meio de mandato à frente do Palácio Piratini, o governador José Ivo Sartori (PMDB) parcelou salários pela 19ª vez em junho. Nesse período, a gestão atual só conseguiu quitar 11 folhas em dia. O primeiro parcelamento ocorreu ainda em julho de 2015, quando foram depositados R$ 2.150 para cada matrícula. Em janeiro de 2017, a Sefaz garantiu faixa inicial de R$ 5 mil, a maior já paga pelo Executivo, já que o primeiro mês do ano registra a maior receita, em função do IPVA. A menor parcela inicial repassada pelo Piratini se registrou em outubro de 2015, quando a Fazenda depositou R$ 450 na conta dos servidores.

Confira abaixo a faixa inicial paga em cada mês

Ano 2015

– Julho – Parcela inicial: R$ 2.150

– Agosto – Parcela inicial: R$ 600

Ano 2016

– Fevereiro – Parcela inicial: R$ 1.750

– Março – Parcela inicial: R$ 1.250

– Abril – Parcela inicial: R$ 2 mil

– Maio – Parcela inicial: R$ 3 mil

– Junho – Parcela inicial: R$ 2,6 mil

– Julho – Parcela inicial: R$ 650

– Agosto – Parcela inicial: R$ 800

– Setembro – Parcela inicial: R$ 810

– Outubro – Parcela inicial: R$ 450

– Novembro – Parcela inicial: R$ 2.150

– Dezembro – Parcela inicial: R$ 2.260

Ano 2017

– Janeiro – Parcela inicial: R$ 5 mil

– Fevereiro – Parcela inicial: R$ 3 mil

– Março – Parcela inicial: R$ 1,8 mil

– Abril – Parcela inicial: R$ 3 mil

– Maio – Parcela inicial: R$ 3,4 mil

– Junho – Parcela inicial: R$ 2 mil

Fonte:Rádio Guaíba