Até quando o governo sacrificará os servidores do Executivo?

488

Ao arrepio da lei e buscando atingir objetivos próprios, o governo estadual, mais uma vez, atrasa o salário dos policiais militares e demais servidores do Poder Executivo. Mesmo alcançando aprovação em projetos que considera importantes, o Executivo promove o sofrimento e a angústia nos servidores públicos estaduais do RS.

Como um trabalhador irá cumprir com as tarefas com contas atrasadas e preocupação com a sobrevivência da família? Os deveres estão sendo cumpridos por parte dos servidores. No entanto, recebe de acordo com a lei apenas quem tem direito a um salário mínimo. Os outros penam até o próximo dia 17 de abril.

Essa é a Páscoa que o governo gaúcho oferece aos seus servidores? Para manter serviços de qualidade é necessário que os recursos humanos sejam valorizados. Parece que é uma lição que o governo do RS ainda não aprendeu. Sofrem os servidores e sofre a sociedade.

A ABAMF já buscou todos os recursos possíveis para que o pagamento seja efetuado conforme a lei. Mas o desrespeito e a desinteresse com os servidores está vencendo.

ABAMF