ABAMF lamenta a morte do Sargento Beni

760

É com pesar que a ABAMF comunica o falecimento de Albeni Carmo de Oliveira (Beni), aos 69 anos. Brigadiano da Reserva Altiva e conhecido também pela atuação na cultura regional gaúcha : repentista, trovador, pajador, poeta, apresentador de eventos tradicionalistas e escritor, vinculado ao MTG. De acordo com as informações divulgadas, Beni foi vítima de um infarto fulminante dia 15 de maio de 2019.

No meio tradicionalista era chamado de Sargento Beni. Natural de São Vicente do Sul ( Localidade de General Vargas). O irmão Alberino Carmo foi o fundador da Patrulha Pedro e Paulo e mais tarde ingressou na PC. Mas Beni preferiu a Brigada Militar(BM) e ingressou na Corporação em 1970.

Foi elogiado, em 1972, pelo então comandandte do 1º BPM, o Cel Quintino Urdaplileta Machado por representar bem a BM tanto no serviço como na sociedade. Anos mais tarde entregou um exemplar do primeiro livro ao ex-comandante.

Em setembro de 1995, representou a Brigada Militar, em Maceio no Ceará. E, em 2009 ganhou o concurso de música tema do Acampamento Farroupilha.

A ABAMF expressa o profundo orgulho que Beni deixa em todos os Brigadianos e roga que a Família tenha força neste momento difícil. Sargento Beni deixa uma história, obras e o exemplo de que o Policial Militar pode ser também um grande artista.

ABAMF