ABAMF acompanha a situação de exposição dos PMs na custódia de presos, e busca uma solução junto ao Comando da BM e MP

1220

A ABAMF vem ao longo desta semana acompanhando a situação dos Policiais Militares que são obrigados a permanecerem na custódia de presos em delegacias da região metropolitana. O Presidente da ABAMF, José Clemente e seu Vice, Jairo Rosa, percorreram as DPs de Porto Alegre a fim de prestar apoio às guarnições, momento em que constatamos a grave situação de exposição dos policiais militares. Muitos destes presos são integrantes de facções criminosas estruturadas, onde a possibilidade de um resgate é eminente, colocando a vida dos Militares em perigo, pois não teriam a supremacia de força para fazer frente a uma ação desta natureza.

A função constitucional da Brigada Militar, não delega esta atribuição, não bastando o risco, retira do policiamento as guarnições, deixando a comunidade desprotegida.

A ABAMF em conjunto com a ASSTBM, estiveram reunidos na tarde desta sexta-feira (14/jun), com o Comando da Corporação, onde solicitamos sua atenção, para esta situação crítica. Comunicamos ao Comandante que as entidades  tornarão público o problema, consoante com a solicitação de intervenção do Ministério Público para que se busque uma solução.

CONFIRA A MANIFESTAÇÃO DO PRESIDENTE DA ABAMF, JOSÉ CLEMENTE