Remanejo de servidores evita fechamento de unidades dos Bombeiros

148
Fontes dos bombeiros informaram à Gaúcha a unidade da Vila Assunção é uma das que correm risco Foto: Reprodução  / Google Maps
Fontes dos bombeiros informaram à Gaúcha a unidade da Vila Assunção é uma das que correm risco
Foto: Reprodução / Google Maps

Servidores administrativos vão ajudar no combate a incêndios

Servidores da área administrativa dos Bombeiros de Porto Alegre serão remanejados para evitar o fechamento de unidades. A decisão foi tomada na tarde desta terça-feira (19) em reunião dos comandos da capital e do Estado, segundo o subcomandante dos Bombeiros em Porto Alegre, major Jeferson Ecco.

Parte dos servidores da área administrativa vai ajudar no combate a incêndio. Unidades estavam ameaçadas de fechar em razão da decisão do governador José Ivo Sartori de reduzir horas extras. O oficial admite que esse é um esforço bastante grande para manter as 9 unidades de Porto Alegre abertas e operando. Também lembra que o efetivo não é o ideal e que as horas extras amenizavam esse déficit de pessoal. solicitaram mais cotas de horas-extras.

A unidade Assunção, na zona sul de Porto Alegre, estava mais ameaçada de fechamento em razão da demanda menor de chamados, mas agora permanecerá aberta. Os Bombeiros pediram liberação de mais horas extras ao Governador.

 

Rádio Gaúcha