1016 brigadianos foram para a reserva em agosto

167
Viaturas ficam paradas por falta de PMs para atuarem no policiamento
Viaturas ficam paradas por falta de PMs para atuarem no policiamento

O dia de ontem(12/8) será uma marca histórica na Brigada Militar, ao mesmo tempo em que aumenta a preocupação da população com a segurança nas ruas do RS. Nesta data, deixaram o trabalho ativo, indo para a reserva remunerada ou reformados, 1016 brigadianos. São nove coronéis, 16 tenentes-coronéis, 12 majores, 65 tenentes, 393 1º sargentos, seis 2º sargentos, 498 3º sargentos e 17 soldados.

Para o presidente da ABAMF a situação do quadro de servidores está ficando insustentável. “Estamos alertando para esse problema a bastante tempo. O governo terá que chamar os concursados sob pena do policiamento no RS se tornar algo raro. Em muitos municípios já não existem mais brigadianos pelas ruas para dar a sensação de segurança. As ocorrências são atendidas por guarnições que estão em outras cidades ou a dezenas de quilômetros de distância” disse Leonel Lucas.