Após assassinato de jovem, prefeito pede mais PMs para Charqueadas

193

Charqueadas1-960x600Representantes da Prefeitura do município conversaram com Vantuir Jacini na manhã de hoje

O prefeito de Charqueadas, Davi Gilmar, entregou à Secretaria Estadual da Segurança Pública um documento com itens para buscar melhorar o policiamento e a segurança no município. Na manhã de hoje, o chefe do Executivo da cidade reuniu-se com o secretário Wantuir Jacini e com o comando regional da Brigada Militar para discutir o tema na sede da pasta em Porto Alegre. Do lado de fora do prédio, cerca de 50 pessoas participaram de um ato.

De acordo com o prefeito, o governo estadual se comprometeu a analisar a pauta, que inclui, entre os itens, a liberação de um banco de horas extras para os PMs e realocamento de nove brigadianos que estavam fazendo a segurança em presídios para o policiamento ostensivo. O encontro foi motivado, principalmente, após o assassinato de um jovem de 17 anos no último final de semana. O prefeito de Charqueadas disse que tinham poucos policiais para atender ocorrências.

Gilmar não descarta novas ações, caso a pauta não seja levada adiante. Ronei Júnior, de 17 anos, foi agredido com outras três pessoas na madrugada do último domingo. Ele foi espancado porque estava acompanhado de um casal de amigos que não era de Charqueadas, mas da cidade vizinha de São Jerônimo.

O Ministério Público já representou contra oito adultos e seis adolescentes pelo crime. Todos adultos foram presos. A Justiça agora analisa a internação dos menores.

 

Fonte:Rádio Guaíba