Brigada prende suspeito por morte de PM em assalto a supermercado

178
Após troca de tiros, policial foi baleado na cabeça, no tórax e na virilha Foto: Câmera de vigilância / Reprodução
Após troca de tiros, policial foi baleado na cabeça, no tórax e na virilha
Foto: Câmera de vigilância / Reprodução

Foragido da cadeia, homem de 23 anos foi reconhecido por testemunhas

Policiais do 21º Batalhão da Brigada Militar prenderam no final da manhã desta terça-feira um suspeito envolvido na morte do PM Marcos Correa Lucas, 24 anos. Ele foi atingido por pelo menos três disparos de arma de fogo na noite de segunda-feira durante assalto ao supermercado Nacional na Avenida Baltazar de Oliveira Garcia, zona norte de Porto Alegre. As informações são da Rádio Gaúcha.

O preso foi encaminhado para a 18ª Delegacia de Polícia para depoimento e reconhecimento por parte de testemunhas. Jessé Rafael Barbosa Rodrigues, 23 anos, estava na condição de foragido. Ele deveria estar cumprindo uma pena de 10 anos e oito meses de prisão em regime fechado.

Durante a madrugada, outro suspeito foi preso, mas a polícia não confirmou a participação dele e acabou libertando-o. Se for confirmada a participação de Jessé, a polícia vai seguir na busca de outros três envolvidos.

Vídeo mostra imagens do ataque ao supermercado:


Ao todo, quatro homens invadiram o supermercado na noite passada e o PM, que estava à paisana no local, entrou em luta corporal com um dos bandidos. O policial foi baleado e morreu no hospital. Outras pessoas, inclusive crianças, estavam no estabelecimento, e ficaram em meio aos disparos.

A cena foi registrada pelas câmeras do circuito interno de segurança do supermercado. O pai do PM reconheceu o corpo do filho nesta manhã no Departamento Médico Legal. O sepultamento deve ocorrer em Bagé, mas a informação ainda não foi confirmada. O soldado Marcos, que chegou a trabalhar no 20ª Batalhão, foi transferido para o 1ª BPM.

*Rádio Gaúcha