Policial do BOE fica ferido após tiro acidental

165
Foto: Jean Pimentel / Agencia RBS
Foto: Jean Pimentel / Agencia RBS

PM estaria limpando a arma quando ela disparou

Um policial de 35 anos, do 2º Batalhão de Operações Especiais (BOE) da Brigada Militar de Santa Maria, ficou ferido após ter sido atingido por um tiro acidental por volta das 15h desta terça-feira. No momento do disparo, havia servidores estaduais bloqueando as entradas e saídas de veículos na sede da BOE. Ao saberem do ocorrido, os manifestantes liberaram a saída da viatura com o policial ferido. O comando confirmou o fato.

O disparo, que acertou a panturrilha esquerda do policial, teria acontecido quando ele estaria fazendo a limpeza de sua arma, uma pistola calibre .40. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado e, com um esquema de escolta que envolveu seis motos e um carro do BOE, levou o policial até o Hospital de Caridade Astrogildo de Azevedo.

O projétil teria ficado alojado na perna do policial, que não corre risco de morte. Ele deve passar por uma cirurgia para a retirada da bala.

_ Chama a atenção, uma vez que foi em meio a esse momento que vive a Brigada Militar, que a sociedade gaúcha está passando. Mas, o fato não tem nada a ver com as manifestações, realmente foi um acidente. Não foi o primeiro e não será o último na história da Brigada _ afirma o comandante do BOE, major Cleberson Bastianello.

O major explica ainda que um procedimento administrativo investigará todas as circunstâncias que envolveram o acidente de tiro, como é chamado.

 

ZERO HORA