DIÁRIO POPULAR: Menor é morto a tiros após apontar simulacro para PM de folga

157
Na foto divulgada no perfil do facebook, Adrian aparece portando um simulacro
Na foto divulgada no perfil do facebook, Adrian aparece portando um simulacro

Comparsa da vítima, um adolescente de 15 anos, está internado no Pronto-Socorro de Pelotas

A Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) investiga a morte de um adolescente de 14 anos na noite de segunda-feira (16), em Pelotas

Adrian Dame Nunes foi alvejado por um policial militar (PM), lotado no 19º BPM em Porto Alegre, que estava de folga na cidade. A vítima chegou a ser socorrida e encaminhada ao Pronto-Socorro de Pelotas (PSP), mas acabou morrendo. Este é o 91º homicídio registrado desde o início do ano.

Segundo o Boletim de Ocorrência, o fato aconteceu por volta 23h10min, na avenida Leopoldo Brod. em frente à Escola Municipal Francisco Carúccio, entre os loteamentos Pestano e Getúlio Vargas, bairro Três Vendas.

Adrian e o comparsa estavam assaltando um grupo de pessoas que saía da escola, quando o PM, acompanhado de seu pai, passou de carro e resolveu parar. Segundo a versão policial, o PM deu voz de prisão ao menor, que em resposta apontou a arma na direção do brigadiano. Nesse momento o policial militar fez quatro disparos contra os dois assaltantes. Adrian foi atingido na cabeça.

O autor dos disparos ainda chamou a Brigada Militar e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Durante a perícia, contatou-se que Adrian portava um simulacro de revólver.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, ambos os menores têm passagem por ato infracional de roubo com uso de simulacro. As investigações ficaram a cargo da Delegacia de Homicídios. (Com informações da repórter Giulliane Viêgas)

DIÁRIO POPULAR