Comoção marca despedida de PM assassinado durante assalto

164

17900527Após dominar um dos bandidos, Arilson Silveira dos Santos foi atingido por outro criminoso. Crime aconteceu na madrugada de sábado 

Lotada, a igreja matriz São Miguel, em Dois Irmãos, celebrou na manhã deste domingo uma missa em homenagem ao primeiro-sargento Arilson Silveira dos Santos, morto durante um assalto, na madrugada de sábado, em um bar localizado no bairro Moinho Velho. Após dominar um dos bandidos, Santos foi atingido por outro criminoso com um tiro na nuca.

Colegas de trabalho, familiares e amigos prestaram sua homenagem desde as primeiras horas da manhã. O enterro, com honras militares, foi 9h30min, no Cemitério Católico São Miguel II.

Na cidade, há faixas de luto na sede da Brigada Militar e também nas viaturas que circulam. O clima é de grande comoção. O primeiro-sargento deixa esposa e dois filhos, de 15 e 18 anos.

O crime

Segundo a apuração preliminar da Polícia Civil, Arilson tentou impedir que três criminosos assaltassem um bar, no bairro Moinho Velho. Mesmo desarmado, ele chegou a render um dos bandidos, mas foi baleado pelas costas e não resistiu. O policial militar, que servia à corporação em Dois Irmãos, estava de folga no dia do crime.

Os suspeitos fugiram em um veículo Prisma, de um cliente do bar, que foi abandonado na Colônia Japonesa, em Ivoti. A ação dos bandidos foi registrada por câmeras do bar, e as imagens serão encaminhadas para a Polícia Civil. Ninguém foi preso até o momento.

*Zero Hora