CORREIO DO POVO: Segurança

189

Governador orienta trabalho sob o conceito de "Estado necessário" Foto: Mateus Bruxel / Agencia RBS

Aliado do governador José Ivo Sartori (PMDB), com mais de uma centena de prefeituras no Estado, o PP gaúcho está tendo dificuldades para justificar, no Interior, a falta de policiais nas ruas da imensa maioria dos municípios do Rio Grande do Sul. Membro do Conselho Político do governo, o presidente estadual do PP, Celso Bernardi, afirma que a sua legenda tem posição definida sobre a prevalência que precisa ser dada à segurança pública. O problema é muito sério no RS, diz, salientando que há um clamor da sociedade. “O governo Sartori terá que reagir. Tem que transformar a segurança numa prioridade e isso não está no discurso, está nos recursos disponibilizados”, cobra. Bernardi acrescenta que é vinculado à educação (ele é professor aposentado), mas entende que — neste momento —é preciso agir rápido, já que o urgente, é a segurança pública. Ele acredita que Sartori, quando voltar das férias, vai agir. “Tem que mudar”, argumenta.

CORREIO DO POVO