Salva-vidas de Tramandaí salvam bebê de 3 meses de engasgamento

106
Foto: Gabriela da Silva/GES-Especial  Bebê ficou sem respirar e foi salva pelos salva-vidas da guarita 145 de Tramandaí
Foto: Gabriela da Silva/GES-Especial
Bebê ficou sem respirar e foi salva pelos salva-vidas da guarita 145 de Tramandaí

Menina tem problemas respiratórios e, por isso, usa uma sonda para se alimentar

Uma família de Montenegro, que atualmente mora em Tramandaí, passou por um susto neste sábado (13) no litoral norte. A ajuda dos salva-vidas da guarita 145 foi fundamental para salvar a pequena Isis, de apenas três meses, filha de Franciele Reidel, 25 anos. Ela se engasgou ao ser alimentada por uma sonda, usada por conta dos problemas respiratórios que possui.
A ação rápida dos socorristas aliviou o pânico da família, que estava em uma lancheria na esquina entre as avenidas Beira-Mar e Igreja no momento da ocorrência. A tia Ariane Laureano, 20 anos, explicou que a menina se afogou e parou de respirar.
“Se ficasse muito tempo engasgada, poderia ter falência”, disse o sargento Éder Jofre Escobar, que ajudou no socorro.
Veja abaixo como proceder em caso de engasgamento
Procedimento para salvar um bebê que esteja engasgado
– Posicionar o bebê de bruços em cima de seu braço e efetuar 5 compressões entre as escápulas (no meio das costas).
– Virar o bebê de barriga para cima em seu braço e efetuar 5 compressões sobre o esterno (osso que divide o peito ao meio), na altura dos mamilos.
– Tentar visualizar o corpo estranho e retirá-lo delicadamente.
– Se não conseguir, repetir as compressões até a chegada a um serviço de emergência (pronto socorro ou hospital).
– Bebê inconsciente
Deitar o bebê de costas em seu braço e liberar as vias aéreas (boca e nariz).
– Verificar se o bebê respira.
– Se o bebê não respira, efetuar 2 respirações boca-a-boca.
– Observar expansão torácica; se não visualizar movimentos respiratórios, repetir a liberação das vias aéreas e as 2 respirações.
Fonte: Hospital Albert Einstein
 DIÁRIO DE CANOAS