Assembleia pagará R$ 6,5 milhões de “salário-extra” a ex-servidores

203
Assembleia Legislativa
Assembleia Legislativa

*Por Kelly Matos e Matheus Schuch

Na mesma semana em que o governo do Estado anunciou que irá parcelar a folha do executivo, a Assembleia Legislativa vai pagar os salários do legislativo em dia e repassar um valor extra de R$ 6,5 milhões a aposentados e ex-funcionários. Os beneficiários trabalharam no legislativo antes da instituição do plano real, em 1994. A dívida é referente à diferença de Unidade Real de Valor (URV), instituída na transição de moedas.

O repasse será feito na próxima segunda-feira (04), segundo a Superintendência Administrativa e Financeira do Parlamento. A quantia é de R$1.910.347,31 a 121 ex-servidores e de R$ 4.644.303,34 a 650 servidores inativos.

A presidência da Assembleia justificou que está cumprindo uma decisão da mesa diretora. Na gestão 2015, a Casa destinou R$ 28 milhões para o pagamento de URVs. Hoje, a direção administrativa não sabe precisar quantos funcionários ainda terão direito a receber a diferença, já que muitos ainda não reivindicaram os valores.

As diferenças de URVs começaram a ser pagas em 2012. A dívida cresceu em razão do reajuste de juros e correção monetária desde 1994. A variação foi entre 0,6% e 1% ao mês, mesmo cálculo utilizado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) e Tribunal de Justiça (TJRS), que também pagaram as diferenças salariais a seus servidores.

GAÚCHA