Bombeiro de Estrela salva casal de afogamento em Capão da Canoa

215

bnoVídeo publicado em rede social já tem mais de 3,3 mil visualizações e centenas de curtidas

Estrela – Servidor do Corpo de Bombeiros de Estrela há 27 anos, o sargento Angelo Vicente Wendt já participou de muitos salvamentos que lhe garantiram o reconhecimento dos colegas e de outras pessoas que admiram o trabalho dele. O último ato de coragem foi no domingo (27), quando ele estava de folga aproveitando a Páscoa com a família no litoral. Wendt salvou um casal, de aproximadamente 35 anos de idade, que estava se afogando e o fato se propagou na internet com a publicação de um vídeo feito pela irmã do sargento.

O bombeiro conta que estava de folga, mas resolveu levar o material de salvamento (boia e pé de pato) para a orla de Arroio Teixeira, em Capão da Canoa. De repente, um jovem conhecido que trabalha em um quiosque avisou que o homem e a mulher haviam entrado na água e precisavam de socorro. Wendt não pensou duas vezes, pegou o material e entrou no mar. “Eles não estavam muito longe, mas o mar estava revolto. Foi um afogamento de grau 2 e a mulher ingeriu bastante água, porém os dois ficaram bem.”

Conforme o sargento, já são 25 anos de Operação Golfinho atuando no litoral gaúcho. Dessa vez, o salvamento ocorreu em horário de folga e quando não haviam salva-vidas nas guaritas próximas ao local do afogamento. “Os colegas falam que foi um ato heroico, mas é uma atitude quase imediata ao ver alguém precisando de ajuda. É o meu trabalho”.

Wendt já recebeu medalha por ato de bravura em um salvamento ocorrido em 2002, além de reconhecimentos como destaque nas operações de verão. Em momentos não oficiais, mas tão importantes quanto, também foi homenageado pelas pessoas que já foram salvas por ele. Há cerca de um ano, o sargento e outros quatro colegas da corporação de Estrela foram presenteados por quatro crianças, três de 9 e uma de 5 anos, que ficaram feridas com a queda de um pilar de tijolos maciços, no Bairro Cristo Rei. O reconhecimento é uma motivação para seguir atuando na profissão.

Popularidade na internet

O vídeo amador do salvamento foi publicado no Facebook e em poucos dias atingiu mais de 3,3 mil visualizações e 40 compartilhamentos, na maioria feitos por colegas de profissão que ressaltam a solidariedade do bombeiro ao agir mesmo durante a folga com a família. O sargento afirma que, mesmo com a repercussão positiva, o mais importante é saber que o trabalho dele foi feito. “O vídeo não mostra toda a ação, mas vale como registro do que aconteceu e do agradecimento das pessoas que estavam lá”.

Crédito da notícia: Natalia Nissen

Últimas notícias

O Informativo do Vale