Posto da BM em Lomba Grande está temporariamente desativado

220
Foto: Fábio Radke/ GES-Especial  Fachada do posto, fechado, na última sexta-feira
Foto: Fábio Radke/ GES-Especial
Fachada do posto, fechado, na última sexta-feira

Segundo comandante, medida é causada por déficit e deslocamento de policiais

A estratégia de policiamento e a atual situação do posto da Brigada Militar em Lomba Grande está causando um sentimento de insegurança no bairro hamburguense. “Em mais de uma situação, moradores ligaram para o posto e ninguém atendia. Tínhamos uma viatura adaptada para patrulha rural que também não é mais vista. O fechamento foi se espalhando pelos comentários na comunidade”, declarou o presidente da Associação dos Moradores do Bairro Lomba Grande (Amolomba), André Fernando de Mello.
O temor referente a investidas dos criminosos está presente no comércio situado às margens da Rua João Aloísio Algayer, no coração de Lomba Grande. “Infelizmente, lamentamos a informação do fechamento que já circula na comunidade”, disse uma comerciante, de 62 anos, que optou pelo anonimato.
De acordo com a Comandante da 3a Companhia do 3o Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Novo Hamburgo, capitã Delfina de Fátima Silva Pinheiro, o módulo de Lomba Grande está temporariamente desativado desde janeiro. “Existe um déficit de policiais e tivemos que disponibilizar três homens para atuação na Operação Avante. Em contrapartida, três a quatro vezes por semana recebemos esse reforço da operação”, disse a capitã, acrescentando que após o final da Avante, o módulo deve voltar a operar. Mas não precisou uma data.
Contato para ocorrência
O telefone da 3ª Cia (3595-2899) é disponibilizado para ocorrências no bairro, como acréscimo ao 190. Já a viatura da patrulha rural está com problemas de manutenção e aguarda verbas para o conserto.
JORNAL NH