Dois são condenados em Caxias por roubo e tentativa de homicídio contra policiais

161

16037638Dupla assaltou residência em Vila Oliva e trocou tiros com Brigada Militar

Pioneiro

Alan Robson Livinali Rosa e Gregori Kevin da Silva Martins foram condenados a cumprir 14 anos, sete meses e seis dias de reclusão cada, em regime inicial fechado, pela tentativa de homicídio qualificado contra três policiais militares e multa por três roubos triplamente majorados.

O julgamento ocorreu na última sexta-feira, em Caxias do Sul, em sessão plenária presidida pela Juíza Milene Fróes Rodrigues Dal Bó. Na acusação atuou a Promotora de Justiça Silvia Regina Becker Pinto. As defesas dos réus ficou com os Defensores Públicos Cláudio Luiz Covatti e Rafael Susin. O Ministério Público recorreu par aumentar a pena dos réus.

Os crimes ocorreram no dia 3 de janeiro de 2014, quando os réus, armados e na companhia de outros seis comparsas, assaltaram uma residência no distrito de Vila Oliva. Eles agrediram o proprietário e ameaçaram matar crianças de 2 e 12 anos que estavam no local. O grupo fugiu em três veículos: um Prêmio, um Clio e um Gol.

Acionada, uma viatura encontrou o Clio e o Prêmio na Rota do Sol, em Fazenda Souza, e iniciou a perseguição. Eles perderam de vista o Prêmio, mas seguiram o Clio até a área urbana de Caxias. Trocando tiros com os policiais, os ocupantes do Clio prosseguiram na rodovia pelos bairros da Zona Norte até acessar a Rua Moreira César.

Na contramão, o veículo seguiu até o cruzamento com a Avenida Rosseti, no bairro Pio X, onde bateu em um Celta. Nesse momento, nova troca de tiros teve início e os três ocupantes do Clio acabaram atingidos. Taioman Eliseu Lins Rosa, na época com 20 anos, foi atingido na cabeça e no tórax e morreu antes de receber socorro. Alan Robson Livinali Lora, acabou baleado na mão direita e Gregori Kevin da Silva Martins recebeu dois disparos no peito.

Dentro do Clio, peritos encontraram cerca de 30 cápsulas de calibre 380. Também foram apreendidas duas pistolas calibre 380 e uma espingarda calibre 36. A viatura acabou atingida por 10 tiros, mas nenhum policial se feriu.