Guardas farão curso de tiro

173

CNO

Kopittke salienta que a ideia principal é a integração dos agentes de segurança (Polícia Civil, Brigada Militar e Guarda Municipal) em operações

Sessenta e seis agentes da Guarda Municipal de Canoas, aprovados no curso de formação teórico, começam na segunda feira o treinamento de tiro (com uso de arma de fogo) na Academia da Polícia Civil, em Porto Alegre. O secretário de Segurança e Cidadania de Canoas, Alberto Kopittke, diz que a expectativa é de que entre julho e agosto a comunidade já possa contar com uma Guarda Municipal armada em determinados pontos da cidade. “Estamos mantendo o cronograma e superando etapas burocráticas. Os armamentos utilizados pelos guardas serão pistolas calibre 380, adquiridas com recursos da prefeitura.” O curso terá 30 horas/aula. Kopittke salienta que a ideia principal é a integração dos agentes de segurança (Polícia Civil, Brigada Militar e Guarda Municipal) em operações. Segundo ele, o foco da guarda é a prevenção da violência nas escolas.

CORREIO DO POVO