Patram ganha drone para operações em Rio Grande, RS

285
Equipamentos foram adquiridos através do programa Crack, é Possível Vencer e do Fundo do Meio Ambiente
Equipamentos foram adquiridos através do programa Crack, é Possível Vencer e do Fundo do Meio Ambiente

Patram e Guarda Municipal recebem novos equipamentos para reforço da segurança

Na tarde desta quinta (12), foi realizada, no salão nobre da Prefeitura, a cerimônia de entrega de materiais e equipamentos para a Patrulha Ambiental da Brigada Militar (Patram) e Guarda Municipal do Rio Grande.

Foram doados, para o policiamento da Brigada Militar do Município, dois computadores, um tablet, uma trena digital, um aparelho de GPS, uma máquina fotográfica com GPS, um decílitro, um notebook e um drone, além de duas pistolas taser para a Guarda Municipal.

Tratam-se de equipamentos operacionais, administrativos e de escritórios, adquiridos a partir do termo de adesão ao Programa Federal “Crack, é Possível Vencer” e do Fundo do Meio Ambiente, firmado entre o Município do Rio Grande, Conselho Comunitário Pró-Segurança Pública, Brigada Militar e Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça.

A adesão a programas desta natureza visa enfrentar o crime e os infratores das leis ambientais, solidificando políticas públicas de prevenção, de cuidado às pessoas e ao meio ambiente, além de modernizar a estrutura administrativa, bem como melhorar a qualidade das informações coletadas pelos servidores operacionais, contribuindo, assim, para a eficiência, agilidade e confiabilidade na execução do trabalho dos policiais em Rio Grande.

Estiveram presentes, na ocasião, o prefeito Alexandre Lindenmeyer, o comandante do 1º Batalhão Ambiental da Brigada Militar, major Rodrigo Gonçalves dos Santos, o presidente do Conselho Comunitário Pró-Segurança Pública, Isaac Barreto Dutra, o comandante da Patrulha Ambiental, tenente Elizeu Foscarini, o representante do Ministério Público, Marcio de Menezes Martins, o superintendente de Segurança e Proteção Social, Daniel Nascimento, o comandante da Guarda Municipal, José Raulim, o secretário do Meio Ambiente, Sandro Ari Miranda, o diretor da Embrasmaqui, Renato Guerreiro, e o diretor do Museu Oceanográfico e do Centro de Convívio dos Meninos do Mar, Lauro Barcellos.

Jornal Agora