SISTEMA PRISIONAL: Fórum discute fim do semiaberto

147

prisao0F4O fim do regime semiaberto foi um dos temas debatidos ontem no 1? Fórum Mais Segurança: Impunidade gera criminalidade, realizado no Palacinho do Ministério Público, no Centro da Capital. Promovido pela Associação do Ministério Público do RS (AMP/RS) e pela ONG Brasil Sem Grades, o evento visa, através do debate, enfrentar os problemas da segurança. “A segurança pública tem uma carência de investimentos e de respostas para as demandas da sociedade”, explicou o presidente da AMP/RS, Sérgio Harris. “O primeiro passo é uma mudança na mentalidade”. Segundo Harris, a necessidade de punição é imperiosa para mudar a própria visão que se tem da segurança pública. Apontando a falência do regime semiaberto, o presidente da AMP/RS avaliou que o semiaberto “não serve para fim nenhum nos moldes em que está proposto”. Em sua opinião, é preciso conversar com a sociedade. “Poderíamos discutir o tempo de pena para cada crime. Hoje, acentua Harris, se passa uma ilusão de que uma pena é de 15 anos de prisão. Na realidade, em seis o sete anos o sentenciado estará no semiaberto, e este sistema não cumpre a sua função”, afirmou, acrescentando que a sentença deve ser cumprida em sua totalidade. “Sem a construção de mais prisões, vamos ter o mesmo problema do semiaberto”, alertou. “É importante, também, enfrentar as facções dentro do sistema prisional”, frisou Harris.

CORREIO DO POVO