ZERO HORA: JOVEM que matou seis taxistas no Rio Grande do Sul tenta fugir de penitenciária de alta segurança

180

19254681Ele conseguiu sair da cela, mas foi flagrado pelas câmeras de segurança

O jovem que confessou ter matado seis taxistas no Rio Grande do Sul em 2013 tentou fugir no final da madrugada desta quinta-feira (26) da Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas (Pasc). As informações são da Rádio Gaúcha.

Luan Barcelos da Silva já havia serrado as grades da cela e saído do local para o pátio após utilizar uma jiboia, uma espécie de corda feita com pedaços de tecidos. No entanto, ele foi flagrado pelas imagens das câmeras de segurança e foi detido pelos agentes penitenciários.

Silva foi recapturado às 5h10 e agora a Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) vai instaurar um Procedimento Administrativo Disciplinar (PAD). O jovem cumpre pena de 126 anos e sete meses pela morte de três taxistas em Porto Alegre e de outros três em Santana do Livramento. No ano passado, o Tribunal de Justiça negou recurso da defesa em relação aos crimes na Fronteira-Oeste.

Preso serrou as grades da Pasc e usou ¿jiboia¿ para sair da cela  Foto: Divulgação / Susepe

Condenações

– 49 anos e 7 meses pelas mortes de Hélio Beltrão do Espírito Santo Pinto e Márcio Fabiano Magalhães de Oliveira, ocorridas em Santana do Livramento. A decisão foi da Vara Criminal de Santana do Livramento, no dia 16 de abril de 2014. O pedido de recurso foi negado pelo Tribunal de Justiça em maio do ano passado.

– 55 anos de prisão pelas mortes de Edson Roberto Loureiro, Cláudio Gomes e Eduardo Ferreira Haas, ocorridas em Porto Alegre. A decisão é da 1ª Vara Criminal do Foro Regional do Alto Petrópolis, expedida no dia 17 de fevereiro de 2014.

– 20 anos de prisão pela morte de Ênio Rolim Lecina, em Rivera, Uruguai. Condenação foi expedida em maio do ano passado pela 5ª Vara Criminal de Porto Alegre.