GAÚCHA: Governo do RS atrasa pagamento de diárias de PMs da Operação Avante

148
Foto: Jean Pimentel /Agencia RBS
Foto: Jean Pimentel /Agencia RBS

Piratini reconhece atraso, mas quer quitar débito nos próximos dias

Policias militares que vieram do Interior do Estado para reforçar a Operação Avante, em Porto Alegre, não receberam os valores referentes às diárias do mês de maio. Conforme apurado pela reportagem, nos dois primeiros meses da operação – março e abril, os soldados, sargentos e tenentes que saíram de Santa Maria e Passo Fundo receberam os valores até o dia 22 de cada mês.

Entretanto, até a noite desta quarta-feira (8) os valores referentes ao mês de maio não foram pagos. A Brigada Militar (BM) informou que o motivo do atrasou é a situação financeira que vive o Estado, mas garante que o pagamento será feito nos próximos dias. As diárias do mês de junho serão pagas de forma antecipada.

Segundo o subcomandante-geral da BM, Andreis Dal’ Ago, o valor de cerca de R$ 500 mil foi liberado na terça-feira (7), e deverá estar disponível para cada comando até o final de semana. Os comandos da BM de Passo Fundo e Santa Maria é que repassam os valores aos policiais.

GAÚCHA