PLANTÃO RS: Policiais aprovados em concurso serão chamados por etapas

167

GD_20140317180030viatura_5027cd010213Pacote de segurança de Sartori será divulgado com mais medidas nesta quinta-feira

Após a sinalização favorável do Palácio do Planalto sobre a dívida dos estados com a União – comemorada pelo Piratini -, o governador José Ivo Sartori (PMDB) prometeu oanúncio de medidas na área da segurança pública. O anúncio deve ser feito na manhã desta quinta-feira (30) e irá atender o setor que mais rende críticas ao governo.

Desde janeiro de 2015, decretos de contingenciamento de despesas reduziram drasticamente o pagamento de horas extras a policiais e não permitiram o chamamento de aprovados em concursos realizados no governo passado. Agora, com uma pequena folga no caixa, a situação aparenta melhora.

Sartori deve anunciar, entre outras medidas, a retomada do pagamento de horas extras principalmente a policiais militares e também o chamamento todos os aprovados nos concursos da Brigada Militar e da Polícia Civil, de forma escalonada. O calendário e quantos policiais serão chamados de cada vez, porém, ainda é uma incógnita.

Desde 2013, cerca de 2,6 mil aprovados esperam a nomeação por parte do governo. O Piratini alegava que não teria condições de arcar com o treinamento e com a inclusão de novos servidores no quadro.

Além disso, deve ser anunciado a realização de concurso para a contratação de agentes para a Susepe (Superintendência de Serviços Penitenciário) e para o IGP (Instituto-Geral de Perícias). A SSP (Secretaria de Segurança Pública) também deverá efetuar a compra de equipamentos.

Com esses anúncios, o Piratini espera amenizar as críticas que chegam de diversos setores à área da segurança e, também, dar certo fôlego ao secretário da Segurança Pública, Wantuir Jacini, que é contestado desde o começo do governo pela falta de ações concretas a fim de diminuir a criminalidade.