Vídeo mostra bandidos executando PM que marcou encontro pela web

126

frame2asspgPolícia prende quadrilha que matou PM de SC após negociação pela webframe1asspg

Diego Felipe Ramos foi até o litoral de São Paulo comprar um aparelho.
Negociação foi feita toda pela internet e policial caiu em emboscada.

Do G1 Santos

A quadrilha suspeita de participar do crime que resultou na morte do policial militar Diego Felipe Ramos, no início deste mês, foi detida na última sexta-feira (8), em Praia Grande, no litoral de São Paulo. O carro prata utilizado na fuga do bando também foi encontrado.

O crime aconteceu na manhã de segunda-feira (4), quando o policial militar, que morava em Santa Catarina e estava no litoral paulista com o cunhado para comprar um aparelho de som que negociou pela internet, foi abordado por quatro criminosos armados em uma rua do bairro Jardim Glória. Câmeras de monitoramento flagraram a ação do grupo (vídeo).

De acordo com informações da Polícia Militar, três suspeitos de participarEM da ação foram encontrados na última sexta-feira no estacionamento de um shopping da cidade. A PM acredita que eles estavam no local para cometer um crime semelhante ao que foi aplicado contra o policial morto.

Já um quarto suspeito de integrar a quadrilha foi detido enquanto tentava negociar um aparelho de som. A polícia não deu detalhes sobre a prisão, mas informou que ele é conhecido no mundo do crime como “Japonês” e atirou em Diego. O carro prata usado no dia do crime também foi localizado e pertence ao criminoso.

Aparelho de som usado por DJs foi apreendido (Foto: G1)
Aparelho de som usado por DJs foi apreendido (Foto: G1)

Reconhecimento
Ainda de acordo com informações da Polícia Militar, o cunhado da vítima reconheceu todos os integrantes da quadrilha que foram detidos. O boletim de ocorrência foi registrado no 1º Distrito Policial de Praia Grande.

Caso está sendo registrado no 1º DP de Praia Grande, no litoral de SP (Foto: Renan Fiuza / G1)
Caso está sendo registrado no 1º DP de Praia Grande, no litoral de SP (Foto: Renan Fiuza / G1)

Câmeras ajudaram
Após analisar as imagens, a polícia afirmou que o bando tinha como objetivo roubar o dinheiro da negociação, no entanto, ao perceberem que Diego estava armado, dispararam contra ele. Já o cunhado que o acompanhava no momento do crime e dirigia o veículo, não ficou ferido.

O PM chegou a ser socorrido para o Hospital Municipal de Praia Grande, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.