VÍDEO: PM nega suborno dizendo que polícia tem honra ‘mesmo com dificuldades’

115

Mulher ofereceu R$ 4,5 mil para libertar homem preso com drogas.
Gravação foi feita por policiais na delegacia de São Pedro da Aldeia, RJ.

Do G1 Região dos Lagos

Um vídeo gravado por policiais na delegacia de São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos do Rio, mostra uma mulher de 19 anos sendo presa por tentar subornar policiais com R$ 4,5 mil neste sábado (2). Ela tentava negociar a liberação de um um homem detido no mesmo dia com drogas junto com mais dois homens no bairro Vinhateiro. Na filmagem é possível ver a mulher oferecendo o dinheiro a um inspetor da Polícia Civil e três policiais militares (veja no vídeo acima).

“Eu tenho aqui um dinheiro… os R$ 500 (valor que faltava para chegar a R$ 5 mil) eu não consegui. Mas isso aí depois nós ‘pode’ desenrolar. É o que eu tenho”, afirma a suspeita, na tentativa de convencer os agentes a liberarem o jovem detido.

Imediatamente um sargento da Polícia Militar anuncia a prisão da mulher, que é algemada e detida pelos agentes por tentativa de suborno.

“Estou te dando voz de prisão agora por corrupção ativa. Queria deixar claro para você que nem a Polícia Militar, nem a Polícia Civil, com todas as dificuldades que estão passando (atrasos de salários e falta de estrutura), vendem a honra. A senhora está presa”, declara.

Dinheiro foi apreendido pela polícia com a jovem (Foto: Divulgação/ Polícia Militar)
Dinheiro foi apreendido pela polícia com a jovem (Foto: Divulgação/ Polícia Militar)

Segundo a Polícia Militar, os homens, dois de 19 anos e um de 22 anos, foram presos durante a tarde com 15 pinos de cocaína, 13 papelotes da mesma droga e dois celulares na Estrada dos Passageiros, na esquina com a Rua Medeiros, no bairro Vinhateiro, depois de uma denúncia de tráfico de drogas.

Ainda de acordo com a PM, os suspeitos confessaram que estavam vendendo a droga no local e, quando estavam sendo encaminhados para a delegacia, a jovem ligou para um dos celulares e ofereceu o dinheiro em troca da liberação de um dos detidos. Os policiais, então, fingiram aceitar o acordo e marcaram um encontro com a jovem nas proximidades da 125ª DP.

Ela foi conduzida pelos agentes até a delegacia, onde ofereceu a quantia a um inspetor da Polícia Civil na presença dos PMs, que armaram para filmar e prender a suspeita em flagrante. Ela responderá por corrupção ativa e os jovens presos por tráfico de drogas.