Boatos de que Gisele Bündchen será “assaltada” em cerimônia de abertura causam polêmica

104

20546664Segundo o portal UOL, cena de perseguição policial fará parte do espetáculo na sexta-feira, dia 5 de agosto

Os detalhes da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos Rio 2016 estão sendo guardados a sete chaves pela organização do espetáculo. Entretanto, alguns segredos estão sendo revelados, e uma cena promete roubar as atenções e causar polêmica no Maracanã: a top model Gisele Bündchenserá “assaltada” durante o show.

Segundo informações do portal UOL, a gaúcha aparecerá desfilando em uma passarela de 100 metros ao som de Garota de Ipanema e será “assaltada” por um ator. O rapaz será perseguido por policiais e encontrará proteção nos braços da modelo. Ainda de acordo com o site, o objetivo da mensagem é de paz.

Apesar da boa intenção da organização da cerimônia, a ideia não foi bem recebida pelos brasileiros. Para alguns, a mensagem é de “péssimo gosto” e a cena mostrará uma “imagem ruim do Brasil” para o mundo.

A encenação lembra um comercial recentemente lançado por uma marca norueguesa, onde um menino encontra uma carteira perdida em uma favela carioca e é perseguido pela polícia. As imagens lembram um filme de ação, onde o garoto corre até descobrir que o dono da carteira é o jogador Ronaldinho Gaúcho.

A cerimônia de abertura da Olimpíada está marcada  ocorre na próxima sexta-feira, às 18h (Brasília), no Maracanã.

Confira a repercussão sobre o falso assalto nas redes sociais:

A cerimônia de abertura está bastante legal, exceto a cena do assalto a Gisele bundchen!http://olimpiadas.uol.com.br/noticias/redacao/2016/07/31/abertura-da-rio-2016-tera-assalto-a-bundchen-e-simbolos-cliches-do-brasil.htm ?ssr=true

Photo published for Abertura da Rio-2016 terá assalto a Bündchen e símbolos "clichês" do Brasil - 31/07/2016 - UOL...

Abertura da Rio-2016 terá assalto a Bündchen e símbolos “clichês” do Brasil – 31/07/2016 – UOL…

A ordem do Comitê Organizador era uma só: “vamos manter o mistério”. Assim pediam a apresentadora global Glória Maria e o diretor de comunicação dos Jogos, Mário Andrada, antes do ensaio gera

olimpiadas.uol.com.br