Latrocínio cresce 34% nos primeiros seis meses de 2016 no Rio Grande do Sul

101

* Por Lucas Abati GAÚCHA

O número de latrocínios – roubo seguido de morte -, aumentou 34% nos primeiros seis meses de 2016 em comparação com o mesmo período de 2015. São 89 casos contra 66 no ano passado. Os dados da segurança foram divulgados nesta segunda-feira (08) pela Secretaria de Segurança Pública.

Somente Porto Alegre registrou 23 mortes em assaltos. Caxias e Pelotas tiveram cinco casos, cada.

Apesar da Operação Desmanche, o roubo de veículos também aumentou em 16% em comparação com 2016. Nos seis meses passados, foram 7930 roubos, contra 9225 neste ano. Em relação aos meses em 2016, a incidência do crime diminui mês a mês desde março.

O número de homicídios também cresceu, foram 1276 casos contra 1203 no período passado. O número, no entanto, considera as ocorrências, ou seja, casos em que houve duas ou mais mortes são contados apenas como uma ocorrência.