Policiais que balearam colegas por engano em Porto Alegre são ouvidos

145

20697135Ação da Brigada Militar ocorreu na zona norte durante perseguição

O 20º Batalhão da Brigada Militar começou a ouvir os policiais envolvidos na ação ocorrida no final de semana que resultou em dois policiais baleados por engano. O caso ocorreu na avenida Bernardino Silveira Amorin, na zona norte. Policiais do 26º Batalhão de Cachoeirinha perseguiam um carro roubado no município e entraram na área da capital.

Em Porto Alegre pediram ajuda de outras viaturas e, de imediato, um carro discreto do 20º BPM que estava na região passou a perseguir o carro roubado. Na abordagem, os policiais de Cachoeirinha teriam atirado por engano contra os colegas da viatura discreta. Dois policiais foram atingidos. Os disparos atingiram o pescoço de um e o braço do outro. Eles foram levados ao Hospital Cristo Redentor, mas passam bem.

O 20º BPM abriu inquérito par apurar o que ocorreu. Já foram ouvidos quatro policias envolvidos na ação. As armas usadas e a viatura atingida serão encaminhadas hoje (8) para a perícia.

A investigação tem o prazo de 40 dias para ser concluída, podendo ser prorrogada por mais 20.

GAÚCHA