Provas de concurso para IGP devem ocorrer até novembro

122
Sartori assinou autorização para 106 novas vagas no órgão | Foto: Daniela Barcellos / Palácio Piratini / CP
Sartori assinou autorização para 106 novas vagas no órgão | Foto: Daniela Barcellos / Palácio Piratini / CP

Sartori assinou autorização para 106 novas vagas no órgão

O governador José Ivo Sartori assinou nesta segunda autorização de abertura para concurso público no Instituto Geral de Perícias (IGP). Ao todo, o processo contará com 106 novas vagas no órgão vinculado à Secretaria de Segurança Pública, sendo 35 para perito criminal, 35 para médico-legista e 36 para técnico em perícias.

Segundo o diretor do IGP, Cléber Müller, espera-se que as provas sejam realizadas entre outubro e novembro deste ano. Desta forma, em janeiro deve começar o treinamento e, ainda no primeiro semestre de 2017, os novos concursados podem começar a trabalhar.

A ação integra uma das medidas estabelecidas na segunda fase do Plano Estadual de Segurança Pública. Lançado pelo Executivo no dia 30 de junho, consta no Plano, ainda, a realização de novos concursos para a Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), a chamada dos aprovados na última seleção da Brigada Militar e da Polícia Civil e a criação de novas vagas prisionais em reestruturação do sistema penitenciário gaúcho.

Segundo dados divulgados pelo Estado, o valor das medidas da segunda fase é de R$ 166,9 milhões em novos investimentos até o início de 2018. Os recursos são referentes ao pagamento de horas extras e diárias, aumento dos efetivos e reaparelhamento dos órgãos da Segurança Pública.

A assinatura da autorização para a abertura do novo concurso público foi feita no Departamento de Criminalística do IGP, onde o governador disse que o ato representa, diante da situação financeira do Estado, uma recompensa parcial aos serviços de segurança. “Foi aberta uma exceção, porque realmente é uma prioridade”, comentou.