Rádio Guaíba: Sartori afirma que criminalidade diminuiu, enquanto dados mostram aumento de latrocínios e homicídios no RS

150

20160815_1023541Governador foi questionado sobre o alto número de roubos seguidos de morte no RS

O governador José Ivo Sartori afirmou, na manhã desta segunda-feira, que os indicadores de criminalidade diminuíram no Rio Grande do Sul. A declaração foi dada durante solenidade de assinatura de contrato para a abertura de concurso público para o Instituto Geral de Perícias (IGP). O governador salientou que os números apresentaram queda, o que contradiz os dados da própria Secretaria de Segurança Pública, que apontaram aumento de homicídios e latrocínios nos primeiros seis meses deste ano na comparação com o mesmo período de 2015. Questionado sobre a elevação dos latrocínios, Sartori entende que há uma interpretação sobre a questão.

“O que eu tenho que dizer é que diminuiu a criminalidade. A BM, PC, IGP e Susepe têm procurado fazer o melhor. Mas todo mundo tem o direito de interpretar. Você não vai colocar um policial em tudo que é lugar, ou em todas as pontas. O trabalho vem sendo feito pela segurança”, afirmou o governador.

Os dados da Secretaria de Segurança apontam que houve elevação nos casos de latrocínios e homicídios no primeiro semestre de 2016: os roubos seguidos de morte tiveram elevação de 34%, passando de 66 para 89 casos; já os homicídios registraram crescimento de 6%, passando de 1203 para 1276. Quando questionado sobre a incorreção em relação aos indicadores, Sartori encerrou a entrevista.

Com o concurso, serão abertas 106 vagas para peritos criminais, médicos-legistas e técnicos em perícias. O diretor-geral do IGP, Cleber Müller, informou que os novos servidores e os investimentos realizados pelo Estado vão propiciar a melhoria nos atendimentos regionais, com a abertura ou recomposição de coordenadorias em Santa Cruz, Erechim, Uruguaiana e Osório. Müller também disse que os investimentos em equipamentos darão maior celeridade aos exames periciais.

O Plano Estadual de Segurança Pública previu repasse de R$ 4,6 milhões para o reaparelhamento e recomposição de servidores.

Governador está no Departamento de Criminalista do IGP para assinar autorização de concurso público @RdGuaibaOficial

Fonte:Rádio Guaíba