Regional Uruguaiana protestou contra o parcelamento do salário

131

urugEsposas de brigadianos, mais uma vez, ficaram

algemadas aos portões de unidades militares 

A Regional ABAMF Uruguaiana realizou, dia 4 de agosto, protesto contra o parcelamento de salários. O presidente licenciado, José Clemente, lembrou de antigas lutas da categoria, quando tantos movimentos aconteceram e os brigadianos de Uruguaiana deram contribuição na luta pela manutenção dos direitos dos brigadianos.  “Quero agradecer a cada colega, a cada familiar, a cada pessoa da comunidade que esteve no dia 4 de agosto de 2016, em frente à Brigada Militar em Uruguaiana. Mais uma vez estivemos juntos mostrando nossa indignação com a forma de tratamento dado pelo Governo a nós, policiais, que tanto prestamos serviços à nossa saciedade gaúcha“.

urug3

O protesto foi contra o parcelamento do salário e contou, além dos brigadianos, com a participação de bombeiros,  policiais civis, agentes penitenciários e pessoas que lutam por um estado mais justo e seguro. Esposas de brigadianos algemaram-se nos portões de unidades para evitar a saída dos militares para a realização do policiamento. “Não temos a menor intenção de causar transtornos à nossa comunidade, mas é preciso que todos saibam; somos como qualquer outro cidadão”, disse Clemente ao citar as dificuldades de muitas famílias com o parcelamento do salário.

urug4

Paulo Rogério N. da silva

Jornalista ABAMF