ZERO HORA: TEMPO DE RETORNAR

129
IMAGEM ILUSTRATIVA
IMAGEM ILUSTRATIVA

POLÍTICA + | Rosane de Oliveira

Aprovada em junho, a lei que limita a sete o número de brigadianos cedidos para outras instituições só estará plenamente em vigor em 8 de dezembro. É que a lei deu prazo de seis meses para os órgãos se adaptarem.

Hoje, 203 policiais militares estão cedidos para o Tribunal de Justiça, a Assembleia, o Ministério Público, o Tribunal de Contas ou para outros Estados. Mais uma centena está na Casa Militar, cuidando da segurança do governador e dos secretários ou da Defesa Civil.

OS PODERES NÃO PRECISAM ESPERAR ATÉ 8 DE DEZEMBRO PARA DEVOLVER OS BRIGADIANOS CEDIDOS. PODEM ANTECIPAR O RETORNO, COMO COTA DE SACRIFÍCIO PARA AJUDAR NA SEGURANÇA DOS CIDADÃOS.

ZERO HORA