‘Estamos em guerra e estamos perdendo’, diz Schirmer ao entregar fuzis à BM

160

1_novos_fuzis_da_bm___foto_amilton_belmonte-2871020Armas longas visam aumentar poder de enfrentamento da tropa contra o crime

Amilton Belmonte JORNAL NH

O governo do Estado entregou, nesta segunda-feira (5), 47 novos fuzis à Brigada Militar.  “Estamos em guerra e a estamos perdendo. Os números estão aí, mas vamos vencê-la”, disse o secretário de Segurança Pública do RS, Cezar Schirmer, ao explicar a aquisição das armas longas.
Sete comandos regionais da BM, entre eles o de Policiamento Ostensivo do Vale do Sinos (CRPO-Sinos) e da região metropolitana (CPM) receberam os fuzis do tipo Imbel IA2, calibre 5,56mm.
Para o CRPO-Sinos foram destinados seis fuzis, com o CPM recebendo outros sete. “A intenção é aumentar o grau de efetividade da ação policial e a proteção aos nossos policiais”, ressaltou o subcomandante-geral da BM, coronel Andreis Silvio Dal’Lago, afirmando que as armas chegam como uma espécie de recado a bandidagem.
“Que tem enfrentado a BM em algumas ocasiões munida de armamento pesado. Por isso precisamos, no mínimo, de igual força no que diz respeito aos armamentos com que os delinquentes estão cometendo crimes como furto e roubo de carros e assalto a bancos”, ressaltou.
Adquiridas pelo Ministério da Justiça ao custo de R$ 329 mil, as armas foram repassadas sem custo ao Estado, mas tendo como contrapartida a cedência de servidores gaúchos que já atuam na Força Nacional de Segurança Pública (FNSP).
O fuzil Imbel IA2
O IMBEL A2 (IA2) é um fuzil de assalto fabricado pela Indústria de Material Bélico do Brasil (IMBEL). É o primeiro armamento desse tipo 100% produzido no País. Pesa 3,38 quilos. O IA2 utiliza alça de mira do tipo rampa deslizante – com as posições de 150 e 250 metros – sendo regulável manualmente no plano horizontal. A arma tem melhor desempenho em ambientes urbanos e próximos. Segundo especialistas, em até 200 e 300 metros haveria precisão de tiro, mas com o alcance podendo chegar a até mil metros.
Distribuição de armas
Carabinas IA2 – calibre:
– Comando de Policiamento da Capital (CPC): 17, destinadas às Patrulhas de Operações Especiais (Patres) do 1º BPM, 9º BPM, 11º BPM, 19º BPM, 20º BPM, 21º BPM;

– Comando de Policiamento Metropolitano (CPM): sete fuzis;

– Comando Regional de Policiamento Ostensivo do Vale do Rio dos Sinos (CRPO-Sinos): seis fuzis;

– Comandos regionais do Planalto, Centro Sul, Serra e Litoral: outros 17 fuzis.

Fonte: Ascom BM