JORNAL DA MANHÃ: Comando da BM pede ajuda ao poder Executivo

373

O comando do 29º Batalhão da Polícia Militar (29BPM), através do major Edilson Góes, solicitou ao poder Executivo um auxílio junto ao governo do Estado no que diz respeito ao acréscimo de PMs em nível de região. O pedido aconteceu em um encontro realizado na última segunda-feira, onde a atual administração já “passa a régua” antes de entregar o município nas mãos do prefeito eleito, Valdir Heck.

Policiais Militares temporários. Desde a saída de 12 homens do 29ºBPM, Ijuí e região vêm passando trabalho no quesito déficit no efetivo. Embora fosse (e continua sendo) um problema crônico em todo o Estado, Ijuí era privilegiada se comparada a demais comandos. Era. Desde a saída dos PMs aptos a cumprir funções administrativas e na guarda dos presídios, o batalhão vem sofrendo com as demais baixas como reserva, férias entre outros. O major Edilson Góes, em conversa com o Grupo JM, revelou a situação atual e o pedido feito ao prefeito Fioravante Batista Ballin. “O prefeito veio fazer uma visita de cortesia, no momento em que se despede da função de prefeito. Nós reforçamos nessa reta final a situação envolvendo o reforço do efetivo. Desde que perdemos os PMs temporários, temos enfrentado dificuldades. Nesse encontro, reforçamos esse pedido a partir da nomeação dos 178 PMs de carreira, feito pelo governo do Estado. Seria de extrema importância esse aporte e mais que isso, um reforço permanente”, explicou o major Góes.

O comandante revelou que, ainda que a atual administração esteja de saída, a expectativa pelo recebimento de novos homens é bastante grande. “Também recebemos a visita do prefeito eleito. Devido ao laço que manteremos com o Executivo, temos as melhores expectativas”, acrescentou.

De momento, o comando local aposta no aporte de horas-extras, uma vez que veio reforçado em virtude da implantação da Operação Papai Noel em todo o Estado. Em Ijuí os trabalhos serão oficialmente lançados na próxima segunda-feira. Conforme Góes, a meta é manter um trabalho ostensivo junto ao comércio local, que vai abrir com horário estendido a partir da próxima semana. O comandante reitera os cuidados necessários no período de comércio aquecido. “Cuidados básicos como o posicionamento de bolsas e carteiras, evitar andar com grandes valores, além de procurar o Policial Militar mais próximo.

JORNAL DA MANHÃ